sábado, 22 de setembro de 2012

Outra rápida história: uma estagiária do meu trabalho viajará à Argentina. Ótimo, ir para lá está barato e todo mundo vai. Mas há um detalhe aqui: ela vai para a Argentina com o namorado e não sei mais quem, com tudo pago pelo Ministério da Cultura, por meio de um programa de intercâmbio cultural. A que evento irão fazer o tal intercâmbio cultural? A um evento de pichadores, digo, grafiteiros. Vão pichar na Argentina com tudo pago pelo contribuinte brasileiro. Em troca, quando voltarem farão um evento de pichação, para aplicarem no Brasil os conhecimentos que  lá adquiriram...

Mas a história ainda não terminou: o evento a que vão precisa ser registrado, então eles incluíram no projeto apresentado ao ministério a compra de uma câmera fotográfica Nikon e um notebook, o que foi aprovado. Detalhe: não terão que devolver esses aparelhos quando voltarem, a câmera e o notebook serão deles, só precisam apresentar as contas quando voltarem.

Ela me disse que "poderia ser pior": também havia um projeto, de outras pessoas, para um evento de cantiga de roda na Bósnia...

Nenhum comentário:

Postar um comentário