domingo, 25 de maio de 2014

"Quantum mutatus ab illo!"

Lembro-me de, há uns quinze anos, ter visto essa frase traduzida assim: "Quão mudado do que antes fôra!" Essa tradução, provavelmente de algum dicionário, fixou-se na minha memória. Então foi com certa decepção que li os versos em que Odorico Mendes a traduz, pois têm muito menos força:

"Ai! quão mudado! aquele Heitor não era
Que no espólio volveu do próprio Aquiles."

No latim, os dois versos, para situar melhor:
"Hei mihi, qualis erat! quantum mutatus ab illo
Hectore, qui redit exuvias indutus Achillis."

Nenhum comentário:

Postar um comentário