domingo, 11 de janeiro de 2015


Deus nos deu uma vida longa porque a estrada para a salvação é comprida, tem muitos percalços, dela nos desvíamos muitas vezes, outras vezes andamos devagar demais ou simplesmente paramos desiludidos. As pessoas que hoje blasfemam podem ser santas amanhã (como os trabalhadores contratados na última hora). As pessoas que hoje cometem grandes pecados e não crêem, elas não são nossas inimigas, são pessoas a quem Deus quer salvar. E as pessoas que querem ser católicas, que querem amar a Deus, essas não são só nossas amigas, são nossas irmãs de sangue, mesmo que errem, mesmo que nos aborreçam, mesmo que façam ou digam uma ou outra coisa errada --Deus cuidará de salvá-las, e nós temos de cuidar para não escandalizá-las e ajudá-las no que for possível.

O primeiro mandamento é amar a Deus, mas amar ao próximo está logo atrás. O próprio Cristo, quando perguntado sobre qual é o maior mandamento, não menciona apenas o primeiro, mas emenda com o segundo. E são joão numa das epístolas ensina que não amando o próximo, a quem se vê, não é possível amar a Deus, a quem não se vê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário